Introdução às Comunicações Unificadas Fundamentais para Segurança Pública

RELATÓRIO TÉCNICO

Baixar Guia


Órgãos de segurança pública já utilizam uma variedade de redes de comunicação sem fio como a rede LMR (Land Mobile Radio), além de redes como 3G e 4G, WiFi e comunicação via satélite para conexão entre a central de redirecionamento (back office) e os profissionais em campo. A forma mais básica de comunicação que qualquer órgão utiliza é a rede LMR, que é fundamental para resposta de emergência. Atualmente, cada vez mais, dados móveis estão sendo usados para lidar com os desafios da segurança pública de forma proativa e eficiente. Redes dedicadas de banda larga para segurança pública já são uma realidade. Cada tipo de rede possui suas vantagens quanto à certas aplicações e funcionalidades, entretanto, com este adicional, a escolha pode ser tornar um pouco confusa. 

Portanto, ao unificar suas comunicações fundamentais, os órgãos devem considerar os seguintes ganhos:

  • operações mais eficientes e aumento da produtividade do usuário final,
  • aumento da interoperabilidade,
  • maior economia com despesas,
  • maior cobertura,
  • melhor resiliência.
Baixe nosso guia e conheça essas e outras vantagens das comunicaçãos unificadas para Segurança Pública!