Introdução às Comunicações Unificadas Fundamentais para Segurança Pública

RELATÓRIO TÉCNICO

Baixar Brochura


Órgãos de segurança pública já utilizam uma variedade de redes de comunicação sem fio, inclusive rede LMR (Land Mobile Radio), concessionárias públicas como 3G e 4G, WiFi e via satélite para conexão da central de redirecionamento (“back office”) e o campo. A forma mais básica de comunicação que qualquer órgão utiliza é a rede LMR, que é fundamental para resposta de emergência. Cada vez mais, dados móveis estão sendo usados para lidar com os desafios da segurança pública, de forma proativa e eficiente. Redes dedicadas de banda larga dedicadas para segurança pública são estão para acontecer. Cada tipo de rede possui suas vantagens quanto a certas aplicações e tarefas, mas com essa escolha adicional vem uma certa confusão.

Ao unificar suas comunicações fundamentais, os órgãos ganham:

  • operações mais eficientes e aumento da produtividade do usuário final,
  • aumento da interoperabilidade,
  • maior economia com despesas,
  • maior cobertura,
  • melhor resiliência.